LIBERTEM MERIAM!

Petição para: Omar al-Bashir presidente de Sudán

 

LIBERTEM MERIAM!

vitoria!
0500.000
  311.157
 
311.157 pessoas já assinaram esta petição.

LIBERTEM MERIAM!

Meriam Ishag Yahia Ibrahim é uma mulher sudanesa de 27 anos. Tem um filho de 20 meses e está grávido de oito meses do seu segundo filho.

Qual foi o seu crime?

Ela e seu marido Daniel professam a religião cristã, mas segundo a lei islâmica, Meriam, como filha de um muçulmano, é considerada muçulmana e está sendo acusada de apostasia (por declarar-se cristã) e adultério (porque seu matrimônio cristão é considerado inválido.

Recentemente, ela foi condenada à forca e a 100 chicotadas. Agora parece que a sentença foi suspensa e é necessário esperar o início de um novo julgamento no final de Junho. Meriam continua encarcerada com o seu bebê de 20 meses e não pode comunicar-se nem cuidar de seu marido Daniel, que é deficiente físico e depende de sua esposa para poder trabalhar.

O caso de Meriam comoveu profundamente a opinião pública mundial, com a intervenção direta de várias embaixadas ocidentais e organizações não-governamentais em defesa da vida e da liberdade religiosa. 

Precisamos da sua ajuda para convencer o governo do Sudão de que esse tratamento desumano não pode ser tolerado, e menos ainda quando dirigido a uma mulher grávida. 

Ao assinar esta petição e somar-se a esta campanha, sua mensagem chegará diretamente ao presidente do Sudão com o pedido de libertação imediata de Meriam e de respeito à liberdade religiosa.

Para mais informações:

El presidente de Sudán ha sido acusado y condenado por el Tribunal Penal Internacional

Dejarán que dé a la luz antes de ejecutarla

+ Letter to:

This petition is...

Vitória!

Petição para: Omar al-Bashir presidente de Sudán

Senhor presidente, 

Senti-me profundamente comovido e entristecido com a história de Meriam Ishag Yahia Ibrahim, a mulher cristã que foi injustamente condenada à morte no Sudão por apostasia e adultério

Peço que se comprometa a permitir que Meriam e seu filho saiam da prisão e voltem para casa o mais rápido possível. Além disso, peço que lute por um maior respeito à liberdade religiosa para todas as pessoas no Sudão, especialmente para as minorias religiosas como os cristãos. 


Atenciosamente,
[Seu nome]

LIBERTEM MERIAM!

Assine esta petição agora!

0500.000
  311.157
 
311.157 pessoas já assinaram esta petição.