MISSIONÁRIO CRISTÃO PODE SER PUNIDO COM A PENA DE MORTE: PEÇAMOS A LIBERTAÇÃO DELE!

Petição para Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos

 

MISSIONÁRIO CRISTÃO PODE SER PUNIDO COM A PENA DE MORTE: PEÇAMOS A LIBERTAÇÃO DELE!

vitoria!
0500.000
  403.748
 
403.748 pessoas já assinaram esta petição.

MISSIONÁRIO CRISTÃO PODE SER PUNIDO COM A PENA DE MORTE: PEÇAMOS A LIBERTAÇÃO DELE!

ÚLTIMA HORA - 28/02/2017: Petr Jašek foi LIBERTADO! Graças às mais de 400.000 assinaturas e ao trabalho diplomático (do qual a CitizenGO também participou), o missionário tcheco foi libertado. Veja o que ele disse em sua coletiva de imprensa: 

"Também quero agradecer às mais de 400.000 pessoas que assinaram a petição na CitizenGO para pedir nossa libertação. Foi para nós um fator de GRANDE motivação e nenhum de nós esperava que um número tão elevado de pessoas pudesse realmente expressar sua coragem e aderir à petição."

Agradecemos a todos os que participaram da campanha!


Petr Jašek, missionário tcheco, foi para o Sudão ajudar cristãos que estavam sendo perseguidos por sua fé. Pouco tempos depois de ter chegado lá, tornou-se também um cristão perseguido. Há cerca de um ano ele foi preso injustamente no Sudão e até hoje se encontra nesta situação. Será julgado em breve e poderá ser punido com pena de morte.

Assine a petição para pedir a libertação de Jašek.

Em novembro de 2015, Petr soube da dramática situação do estudante sudanês Ali Omer, que em 2013, durante um protesto, sofreu graves queimaduras. Petr decidiu ir para o Sudão a fim de contribuir financeiramente com o tratamento de Ali e ajudar outros cristãos que vinham sofrendo perseguição.

No dia 10 de dezembro de 2015, pouco tempo antes do dia em que retornaria para República Tcheca, Petr foi preso por membros do serviço secreto sudanês em Khartoum. Algum tempo depois, ele foi acusado de diversos crimes. Algumas das acusações foram: espionagem, sedição, subversão da República... Três sudaneses também foram presos junto com Petr.

O processo é claramente político. As acusações têm como objetivo neutralizar todos os críticos do regime. Petr é o primeiro europeu a sofrer uma pena desse tipo no Sudão. A prisão dele nos dá a oportunidade de denunciar a injusta perseguição que os cristãos sofrem no Sudão.

A defesa de Petr afirma que seus acusadores não têm nenhuma prova contra ele, mas infelizmente não há perspectiva de que o julgamento seja justo, pois o governo sudanês é fundamentado na lei da Sharia.

Porém, não podemos perder as esperanças! Há dois anos, com a ajuda de milhares de citizengoers de todo o mundo, Meriam Ibrahim, uma cristã sudanesa que havia sido condenada à morte, foi libertada! Uma combinação de medidas políticas e pressão da sociedade civil garantiram a liberdade dela.

Petr poderá ser julgado e condenado à morte nos próximos dias. Por isso, mais uma vez, venho pedir sua ajuda. Assine a campanha para pedir a libertação de Petr e não deixe de compartilhá-la com o maior número possível de pessoas. 

+ Letter to:

This petition is...

Vitória!

Libertem Petr Jašek da prisão sudanesa!

Senhor Zeid bin Ra'ad,

Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos,

Venho, por meio desta mensagem, chamar a atenção para o caso do missionário Petr Jašek, cidadão tcheco que está preso no Sudão. Ele foi falsamente acusado de espionagem e sedição. Petr Jašek é missionário cristão. O objetivo dele era ajudar e servir aos cristãos sudaneses que sofrem perseguição. Ele não se envolveu em nenhuma atividade política.

A prisão dele viola claramente o artigo 18 da Declaração Universal de Direitos Humanos: Todo ser humano tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, em público ou em particular.”

A seção 6 da constituição sudanesa afirma que “o Estado deve respeitar os seguintes direitos religiosos:

  1. Realizar cultos ou estabelecer grupos vinculados a qualquer religião ou crença, e estabelecer e manter lugares destinados a esses propósitos.
  2. Estabelecer e manter instituições caritativas e humanitárias.

Portanto, pedimos que apele ao governo sudanês e exija a libertação imediata de Petr Jašek! 

---

I want to bring your attention to the case of Petr Jašek. Currently, Jašek, a Czech citizen, sits in Sudanese prison. He has been falsely accused of espionage and sedition. Petr Jašek is a humanitarian worker and missionary. His goal was to help and serve persecuted Sudanese Christians. He has not been involved in any political activity. 

Article 18 of the Universal Declaration of Human Rights states: “Everyone has the right to freedom of thought, conscience and religion; this right includes freedom to change his religion or belief, and freedom, either alone or in community with others and in public or private, to manifest his religion or belief in teaching, practice, worship and observance.”

The Constitution of Sudan Section 6 states: “The State shall respect the following religious rights: A. worship or assemble in connection with any religion or belief and to establish and maintain places for these purposes, B. establish and maintain appropriate charitable or humanitarian institutions.”

We ask you therefore to appeal to the Sudanese government and demand the immediate release of unjustly imprisoned Czech citizen Petr Jašek!

Atenciosamente,
[Seu nome]

MISSIONÁRIO CRISTÃO PODE SER PUNIDO COM A PENA DE MORTE: PEÇAMOS A LIBERTAÇÃO DELE!

Assine esta petição agora!

0500.000
  403.748
 
403.748 pessoas já assinaram esta petição.