OEA: Apliquem a Carta democrática na #Venezuela

O regime de Maduro viola flagrante e sistematicamente os Direitos Humanos na Venezuela

 

OEA: Apliquem a Carta democrática na #Venezuela

050.000
  32.607
 
32.607 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 50.000 assinaturas.

OEA: Apliquem a Carta democrática na #Venezuela

Desde que começaram as manifestações nas ruas, três esdutantes morreram e muitos outros ficaram feridos. Os responsáveis pela convocação das manifestações denunciam violações anais com fuzis, vexações em delegacias e todo tipo de humilhação e maus tratos, como denuncia o Foro Penal Venezolano. Em contrapartida, em muitas das marchas apenas se reza o rosário e se celebra expontaneamente a Missa.

Além disso, 20 jornalistas foram feridos pela polícia e outros 11 foram detidos. O governo também decidiu tirar do ar o sinal de NTN24, o último canal de TV livre da Venezuela. Não só isso, mas também são censuradas as fotografias no Twitter e está interrompido o acesso à página de Internet de NTN24 e de outros portais informativos. Como se não bastasse, o governo decretou estado de exceção, obrigando as pessoas a permanecerem em suas casas a partir das 6 da tarde. Além disso, Maduro expulsou três diplomatas norte-americanos por acusação de conspiração contra o governo venezuelano.

Há rumores de que, nesta terça, poderia ocorrer um auto-golpe de Estado. A diferença em relação ao que ocorreu em 2002 é que, em 2014, não apenas Altamira em Caracas, mas toda a Venezuela está nas ruas. Os estudantes já não vão às aulas e muitos trabalhadores abandonaram seus postos de trabalho diante da esperança do fim do regime. 

Evidentemente, o regime ditatorial de Maduro, que segue a cartilha do Foro de São Paulo, não vai desistir facilmente. A ameaça de uma revolução violenta está se cumprindo lamentavelmente. Muitos temem que a marcha desta terça, liderada por Leopoldo López, termine em um banho de sangue. Peça à OEA que aplique a carta democrática da qual a Venezuela é signatária. Tal carta afirma que, caso algum país membro viole sistematicamente os direitos humanos, o restante dos países membros deverá intervir. Intervenção já!

Para mais informações:

Lula, o Foro de São Paulo e a crise na Venezuela

A esquerda brasileira e o silêncio em relação à Venezuela

Carta democrática interamericana

Diplomáticos recuerdan a la OEA que Venezuela viola la carta democrática

Álvaro Uribe pide a la OEA que inste la renuncia de la dictadura sanguinaria de Nicolás Maduro

UNASUR rechaza enérgicamente la violencia en Venezuela

Foro Penal Venezolano denuncia que los estudiantes detenidos fueron torturados

Maduro expulsa a tres diplomáticos de Estados Unidos

Video explicativo ¿qué está pasando en Venezuela?

Imágenes sobre los sucesos de los últimos días

Video de uniformados y civiles disparando contra los manifestantes

Videos en directo de la gente desde la calle

Insulza apela a la responsabilidad de los actores políticos para evitar una espiral de violencia

+ Letter to:

Assine esta petição agora!

 
Please enter your first name
Please enter your last name
Please enter your email
Please enter your country
Please enter your zip code
CitizenGO protegerá sua privacidade e lhe manterá informado/a sobre esta e outras campanhas.

OEA: aplique a carta democrática na Venezuela

Estimado Sr. Insulza:

Os acontecimentos recentes na Venezuela têm sido dramáticos. O governo reprime as marchas com as armas. Ao menos 3 estudantes foram mortos e centenas estão sendo humilhados e vexados pela polícia. 

Além disso, o governo censurou o sinal de NTN24, as fotos de twitter e algumas páginas na Internet.  Não apenas isso, mas também foram agredidos 20 jornalistas e 11 foram presos. 

A violação dos direitos humanos está sendo sistemática. O diálogo já esgotou. Por tudo isso, peço que se aplique o mais rápido possível a carta democrática da OEA. A cada minuto direitos são pisoteados, cidadãos são humilhados e uma ditadura se fortalece no poder. Será que a OEA está comprometida com a cartilha do Foro de São Paulo ou agirá com verdadeira justiça? 

Atenciosamente,
[Seu nome]

OEA: Apliquem a Carta democrática na #Venezuela

Assine esta petição agora!

050.000
  32.607
 
32.607 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 50.000 assinaturas.