CONTRA A IDEOLOGIA DE GÊNERO NO COLÉGIO CATÓLICO SÃO LUÍS

Petição dirigida a: Rede Jesuíta de Educação - Jesuítas Brasil e Comissão de Cultura e Educação da CNBB.

 

CONTRA A IDEOLOGIA DE GÊNERO NO COLÉGIO CATÓLICO SÃO LUÍS

CONTRA A IDEOLOGIA DE GÊNERO NO COLÉGIO CATÓLICO SÃO LUÍS

05.000
  2.382
 
2.382 firmado. Vamos a lograr 5.000!

No dia 30 de setembro ocorrerá no Colégio São Luís - Jesuíta o bate-papo sobre gênero e sexualidade, com a presença de Drauzio Varella.

Mais uma vez um colégio católico se torna palco para a divulgação da agenda de gênero e da cultura de morte, que, ao contrário do que é dito, tem como objetivo destruir a identidade humana, relativizando os valores e a dignidade, como também levar às pessoas a acreditarem unicamente na vertente ideológica que eles assim o pregam.

Esse bate-papo se apresenta como uma inciativa de diálogo e esclarecimento, mas, como já sabemos, são ardilosos, e para não passarem vergonha, não chamaram nenhum outro debatedor capacitado em debater com seriedade e com a mesma profundidade nos argumentos.

Os Jesuítas tiveram e continuam a ter importante papel no Brasil, difundindo a mensagem do evangelho, pregando o amor de Cristo em sua incondicionalidade e lembrando a todos os índios, como assim deveríamos lembrarmos, que somos filhos amados, à imagem e semelhança de Deus, aquele que nos acolhe e nos dá vida.

Como sabemos, também Santo Padre o Papa Francisco é de formação e até então ser Bispo, ligado aos jesuítas. Na qual, ele também já declarou-se totalmente contra à agenda de gênero - "cultura de morte", assim São João Paulo II chamava.

Por isso, é de grande estranheza dos católicos que prezam pela vida humana em sua totalidade, que um colégio de confissão católica esteja realizando um debate sem debatedores("Bate-papo", assim eles denominaram, mas sabemos que a maior parte da população não sabe bem debater e contra argumentar, visto que são quase que sofistas, dominadores da retórica), onde na verdade é uma palestra com o médico defensor da legalização do aborto, da descriminalização da maconha e etc.

Gênero, segundo Judith Butler(maior teórica de gênero viva), é uma construção social com base nas relações e experimentações. Dentro dessa experimentações, segundo a teórica Shulamith Firestone, devemos derrubar os esterótipos, de forma com que a idade não impeça, que nem mesmos as crianças sejam reprimidas em sua sexualidade, nem que seja sua mãe a pessoa com que ela queira relacionar-se - ISSO CONHECEMOS COMO PEDOFILIA E INCESTO.

Como colégio católico, deveria ser a favor da identidade humana e totalmente contra essa desconstrução financiada por fundações internacionais e meta capitalistas na tentativa de controle populacional e interesses próprios, utilizando-se das dores de um povo.

Por isso, os católicos e todo povo que preza pela nossa sociedade quer saber: O conselho dos Jesuítas Brasil irão posicionar-se, ou não? E a Rede Jesuíta de Educação? A comissão de Cultura e Educação da CNBB vai defender à vida humana, ou não - já que parte do lema da campanha da fraternidade 2017(CF2017) é: Defesa da vida -?

Assine a petição e ajude a compartilhar, fazendo com que aumente nosso apoio e que logo consigamos o posicionamento das comissões e comunidades competentes.

Esta petición ha sido creada por un ciudadano o una organización independiente de CitizenGO. CitizenGO no se hace responsable de su contenido.
05.000
  2.382
 
2.382 firmado. Vamos a lograr 5.000!

Completa tu firma

¡Firma esta petición ahora!

 
Introduce tu e-mail
Introduce tu nombre
Introduce tus apellidos
Introduce tu país
Introduce tu código postal
Por favor seleccione una opción:
We process your information in accordance with our Privacy Policy and Terms of Service

Petição dirigida a: Rede Jesuíta de Educação - Jesuítas Brasil e Comissão de Cultura e Educação da CNBB.

CONTRA A IDEOLOGIA DE GÊNERO NO COLÉGIO CATÓLICO SÃO LUÍS     

Eu, como prezador da vida humana em sua totalidade, vos peço posicionamento diante ao "Bate-papo Humanístico: Gênero e sexualidade", que ocorrerá no Colégio confessional São Luís - Jesuíta, no dia 30 de setembro. Que servirá para promover a agenda de gênero - "cultura de morte", assim São João Paulo II chamava -, que já foi condenada pelo Santo Padre o Papa Francisco, por atacar à identidade humana naquilo que o ser humano tem de mais belo, a sexualidade. O evento contará com a presença do Doutor Dráuzio Varella -defensor da legalização do aborto e etc -, na qual, segundo o colégio, irá explanar sobre "gênero e sexualidade".                                                                                       

 Espero, como cidadão que zela pela vida humana, sendo amante da verdade, um posicionamento das seguintes comunidades/comissões/instituições;

Rede Jesuíta de Educação, Jesuítas Brasil e Comissão de Educação e Cultura da CNBB.                                                                                                 

Em Cristo.

[Tu nombre]

Petição dirigida a: Rede Jesuíta de Educação - Jesuítas Brasil e Comissão de Cultura e Educação da CNBB.

CONTRA A IDEOLOGIA DE GÊNERO NO COLÉGIO CATÓLICO SÃO LUÍS     

Eu, como prezador da vida humana em sua totalidade, vos peço posicionamento diante ao "Bate-papo Humanístico: Gênero e sexualidade", que ocorrerá no Colégio confessional São Luís - Jesuíta, no dia 30 de setembro. Que servirá para promover a agenda de gênero - "cultura de morte", assim São João Paulo II chamava -, que já foi condenada pelo Santo Padre o Papa Francisco, por atacar à identidade humana naquilo que o ser humano tem de mais belo, a sexualidade. O evento contará com a presença do Doutor Dráuzio Varella -defensor da legalização do aborto e etc -, na qual, segundo o colégio, irá explanar sobre "gênero e sexualidade".                                                                                       

 Espero, como cidadão que zela pela vida humana, sendo amante da verdade, um posicionamento das seguintes comunidades/comissões/instituições;

Rede Jesuíta de Educação, Jesuítas Brasil e Comissão de Educação e Cultura da CNBB.                                                                                                 

Em Cristo.

[Tu nombre]