Sr. Insulza: reúna-se con a dissidência democrática cubana

Não reunir-se com a dissidência é dar oxigênio à tirania e prolongar a agonia do povo

 

Sr. Insulza: reúna-se con a dissidência democrática cubana

+ Letter to:

Antes de sair...

Obrigado por assinar! Agora, compartilhe!

Sr. Insulza, reúna-se com a dissidência democrática cubana

Estimado Sr. Insulza:

He leído que Ud. ha confirmado su asistencia a la II CELAC. Será la primera vez que un secretario general de la OEA pisa suelo cubano desde que en 1962 Cuba fuera expulsada de la organización.

Espero que aproveche la visita para exigir firmemente el respeto de los derechos humanos, la libertad política y un verdadero cambio democrático. Si sólo se reúne con el gobierno y rechaza reunirse con la disidencia democrática entenderemos que su objetivo es afianzar un régimen que lleva secuestrando la libertad y la democracia en Cuba desde hace 45 largos años.

[Estimado Sr. Insulza]

Soube que o sr. confirmou sua assistência à II CELAC. Será a primeira que um secretário geral da OEA pisará em território cubano desde que em 1962 Cuba foi expulsa da organização. 

Espero que aproveite a visita para exigir firmemente o respeito dos direitos humanos, a liberdade política e uma verdadeira mudança democrática. Se o sr. somente se reunir com o governo e não aceitar reunir-se com a dissidência, entenderemos que seu objetivo é apoiar um regime que segue sequestrando a liberdade e a democracia em Cuba há 45 longos anos]. 

Atenciosamente,

Atenciosamente,
[Seu nome]

Sr. Insulza: reúna-se con a dissidência democrática cubana

Assine esta petição agora!

010.000
  6.628
 
6.628 pessoas já assinaram esta petição.