STF, RESPEITE A VIDA DOS BEBÊS COM MICROCEFALIA!

A eventual legalização do aborto em casos de microcefalia abrirá precedentes para a disseminação do aborto eugênico no Brasil

 

STF, RESPEITE A VIDA DOS BEBÊS COM MICROCEFALIA!

020.000
  14.229
 
14.229 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 20.000 assinaturas.

STF, RESPEITE A VIDA DOS BEBÊS COM MICROCEFALIA!

Mais uma vez a volta rondar o Brasil o perigo da legalização do aborto. Desta vez, a estratégia utilizada pelos propagadores da cultura da morte recorre à ainda frágil e questionável relação entre o vírus da zika e a microcefalia, como mostra um estudo realizado recentemente pelo New England Complex Systems Institute.

De acordo com o estudo, das 12.000 colombianas grávidas que participaram da pesquisa (todas diagnosticadas com zika), nenhuma teve filho com microcefalia. O estudo é importante para mostrar que a relação estabelecida entre zika e microcefalia ainda está longe de ser provada.  

O objetivo dos abortistas é pedir ao STF a legalização do aborto para mulheres que foram diagnosticadas com zika por meio da Ação Direta de Inconstitucionalidade 5581, de relatoria da Ministra Cármen Lúcia.

Para a Associação Nacional pela VIDA (ADIRA), a descriminalização do aborto para grávidas com zika pode abrir perigoso precedente para a legalização do aborto em outros casos de deficiência. Além disso, tal medida favorecerá ainda mais a consecução do objetivo final dos abortistas: a legalização total e irrestrita do aborto em nosso país.

Ao ser consultada sobre o tema, a Advocacia Geral da União (AGU) afirmou: “Não parece razoável demandar o sacrifício de nascituro viável para socorrer a necessidades e inseguranças, embora graves, da gestante, porque essas necessidades podem vir a ser superadas com o tempo, enquanto a perda da vida humana jamais se supera”.

Não é possível que haja dois pesos e duas medidas em relação a um tema tão grave e fundamental como o respeito à vida humana. Ainda que houvesse confirmação definitiva da relação entre zika e microcefalia a proposta seria inaceitável, pois todos os nascituros devem ter as suas vidas preservadas, independentemente das condições e circunstâncias em que foram gerados.

Se esse que é o direito humano por excelência, fundamento de todos os outros, não é respeitado, como podemos falar em preservar os outros direitos humanos?

Assine a petição para enviar um e-mail à Ministra do STF Cármen Lúcia, pedindo o respeito à dignidade da vida dos nascituros. 

+ Letter to:

Assine esta petição agora!

 
Please enter your first name
Please enter your last name
Please enter your email
Please enter your country
Please enter your zip code

Proteja a vida das crianças com microcefalia!

Ministros do STF,

Envio esta mensagem para fazer um apelo à consciência de cada um de vocês e pedir que protejam a vida dos nascituros que sofrem de microcefalia.

A vida humana deve ser preservada desde a concepção até a morte natural, pois o direito à vida é o principal direito humano, fundamento de todos os demais.  

Com relação ao caso específico das crianças com microcefalia, são inúmeros os exemplos de superação, de generosidade e de amor que surgem de uma situação que, inicialmente, sem dúvida é dolorosa para as famílias.

Uma eventual legalização do aborto em caso de microcefalia abrirá precedentes para a legalização da prática em outros casos, gerando a terrível prática do aborto eugênico, que infelizmente tem se tornado comum em países como Canadá e Estados Unidos.

Além disso, sabemos que há interesses e pressões advindas de organismos internacionais para a legalização do aborto em nosso país e esperamos que Vossa Excelência não queira servir de instrumento para os interesses espúrios de globalistas como George Soros.

Escutem a voz do povo brasileiro, que é majoritariamente contrário ao aborto!

Atenciosamente,
[Seu nome]

STF, RESPEITE A VIDA DOS BEBÊS COM MICROCEFALIA!

Assine esta petição agora!

020.000
  14.229
 
14.229 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 20.000 assinaturas.